Archive for novembro, 2010

Investidor brasileiro preza segurança e é conservador

SÃO PAULO – Uma pesquisa realizada pela QualiBest, a pedido da plataforma Proxxima, revelou que 61% dos investidores são conservadores, o que significa que investem mais em produtos que tragam menos riscos.

Não é à toa que, quando questionados sobre o que é mais importante na hora de decidir como vai aplicar o dinheiro, 51% responderam ser a segurança ou saber que o dinheiro terá rendimento constante, sem grandes contratempos.

De acordo com os dados, outros 8% dos entrevistados disseram ser arrojados ou investirem mais em produtos de maior risco, como a bolsa de valores, enquanto 31% responderam estar em um meio termo entre conservador e arrojado.

O que avaliam

Ainda em relação ao que os investidores consideram mais importante ao decidir como aplicar, 21% responderam rentabilidade ou ter a possibilidade de melhor rendimento, independentemente do risco que a aplicação traga.

Outros 16% responderam que consideram mais importante o fato de poder mexer no dinheiro a qualquer momento, a chamada liquidez.

Além disso, 12% dos investidores que responderam à pesquisa disseram que consideram o mais importante a instituição – saber que onde estão investindo não vai quebrar de uma hora para a outra.

A pesquisa foi realizada com 565 pessoas, entre homens e mulheres, das classes A e B e com idade de 21 a 49 anos.

Fonte: UOL Economia

novembro 30, 2010 at 11:22 am Deixe um comentário

Análise técnica do Ibovespa em 29.11.2010


Conforme podemos observar no gráfico diário do Ibovespa os preços parecem ter desenhado as famosas 5 ondas de Elliott. Observem a simetria tanto das ondas de impulso, com altas de cerca de 14% e das ondas de correção, com quedas de cerca de 8%. Observem também que a 5º onda se desenvolveu no padrão “triângulo diagonal”, conforme previsto na teoria. O único porém é que a 4º onda fechou abaixo do topo da 1º onda, o que pode invalidar a contagem (em termos semanais esse rompimento não ocorreu). Portanto, caso a contagem esteja correta, estaríamos na primeira perna A do movimento corretivo. Nesse momento, os preços estão corrigindo próximos ao suporte de 61,8% da retração de Fibonacci de curto prazo e de 37,8% da retração de Fibonacci de longo prazo. Assim, é possível que os preços interrompam a queda atual e iniciem uma correção ascendente, ou seja, uma onda de correção altista, contrária ao movimento de impulsão baixista da onda A.
(mais…)

novembro 30, 2010 at 10:58 am Deixe um comentário

É possível ter uma carteira diversificada mesmo com todo seu capital em ações

Anderson Figo, de Infomoney

Embora pareça muito arriscado para alguns, é possível manter 100% dos investimentos em bolsa e mesmo assim ter uma carteira com certo grau de diversificação e proteção ao risco. Segundo especialistas, o mercado apresenta algumas opções de estratégias que limitam as perdas e aumentam a segurança do investidor que pretende aplicar todo seu dinheiro na renda variável.

Mas, é preciso cuidado. Segundo o sócio da Conexão BR Assessoria de Investimentos, Erich Beletti, quem opta por manter a totalidade dos investimentos na bolsa deve ter conhecimento do mercado no qual estará operando. Caso contrário, os riscos podem ser bem maiores e, neste caso, as perdas não seriam poucas.

Sugerindo que o investidor se utilize dos pontos de entrada nas ações sinalizados pela análise técnica, Beletti traça como algumas estratégias para diversificar investimentos e limitar perdas o lançamento coberto de opções – comprar uma ação e lançar uma opção, segurando a ação em carteira – e também as operações de long & short.

“Eu acho que a opção do operar no Long & Short e operar com o lançamento [coberto] de opções são bastante seguros, de risco baixo. Ai, se quiser ‘temperar’ com uma operação de compra, ou ainda operar vendido em ações, quando você opera ganhando na baixa, eu não vejo problema algum com isso”, avaliou. (mais…)

novembro 30, 2010 at 10:22 am Deixe um comentário

Os sete maiores mitos da Bolsa de Valores

Rafael Cordeiro

1. Para ganhar precisa-se de informação – 1º Informação privilegiada é ilegal. 2º Informação sem conhecimento é como um navio sem mar.

2. Precisa comprar na hora certa – Errado, precisa-se comprar a empresa certa. Melhor que pegar o primeiro ônibus é pegar o que vai para o lugar que você quer ir.

3. Análise Gráfica é para Curto-Prazo – ERRADO, afinal o longo-prazo não pode ser a soma de diversos curto-prazos? De qualquer forma, acreditar em análise gráfica me parece o maior dos mitos.

4. Blue-chip é mais seguro – Se isso fosse verdade a Telemar e a Net teriam sido as melhores ações da década passada. Empresa boa é a empresa ética e lucrativa, não importando o seu tamanho.

5. IPO dá dinheiro – Pode ser verdade se for completado com “para o banco que faz a oferta”.

6. Só perde quem realiza – Pode ser verdade se estiver disposto a esperar até a próxima encarnação para recuperar as perdas de Ecodiesel por 14,00 ou Agrenco por 6,00. Se a empresa é o ruim o prejuízo rápido será o melhor.

e a pior de todas…

7. É só comprar Petro e Vale. Com a queda dessa em 2008 e o desempenho recente da outra não há necessidade de comentários. Quando você acredita que descobriu a fórmula, pode esquecer, pois a fórmula já mudou.

novembro 30, 2010 at 10:13 am Deixe um comentário

Dicas pra novos investidores em ações

Você quer investir em ações? Já definiu que valor vai investir? Quais são suas metas? Seu objetivo é investir eventualmente ou quer fazer da bolsa a sua profissão?

Isso precisa estar bem claro. Ganhar dinheiro e ficar rico não são objetivos, são consequências de de um planejamento e execução adequados.

Veja abaixo algumas dicas fundamentais para novos investidores:

Seu objetivo é melhorar sua renda? Quer multiplicar seu capital? Quer fazer uma poupança para fortalecer sua aposentadoria? Planeje o que espera atingir e em quanto tempo, até onde você quer chegar no mercado de ações. Tendo seus objetivos definidos é hora de aprender sobre o mercado. É importante entender que investir em ações e lucrar leva tempo e exige dedicação e preparação. Por isso, crie o hábito de ler livros, jornais e revistas especializadas, além de participar de cursos e palestras sobre investimentos em ações.

Tenha noção exata do tempo que quer dispor para investir. Você precisa adaptar sua realidade de vida à sua realidade de investidor. Se o tempo for escasso, aposte em operações que exigem menos atenção em tempo real. Escolher ações de empresas sólidas é uma boa para quem não pode se dedicar muito, afinal, com ações como essas, dificilmente você vai perder.

Adquirir experiência e entender o mercado só ocorre no dia a dia. Fazer do ato de investir uma rotina é fundamental. Acompanhe suas operações e analise seus erros e acertos. No início tudo é mais complicado. Os erros são mais comuns que os acertos e nem sempre o resultado esperado vem de forma imediata. Por isso, comece com cautela e investimentos mais modestos. O conhecimento só vem como tempo. Por isso estude, aprenda a investir e os resultados virão com o passar do tempo.

No mercado de ações, manter a tranquilidade é imprescindível, por isso, antes de tudo, saiba se controlar.

novembro 25, 2010 at 12:29 pm 1 comentário

Palestra Gratuita: Aprenda a Investir em Fundos Multimercado

Nesta quinta-feira, 25/11/2010, às 21 hs, ocorre, no site da EnsinaInvest, a Palestra Gratuita: Aprenda a Investir em Fundos Multimercado. A palestra é recomendada para pessoas que buscam opções de investimento com retornos superiores aos da renda fixa tradicional.

Veja o programa da palestra:
. Cenário de investimentos no Brasil
. Conceitos de risco de crédito e risco de mercado
. Como funciona um fundo de investimento
. O que são fundos de investimento multimercado
. Ferramentas de seleção de fundos multimercado
. Horus Moderado Fundo de Investimento Multimercado

Inscreva-se agora e reserve sua vaga.

novembro 24, 2010 at 5:26 pm 2 comentários

Mercado de ações oferece melhor remuneração

Com o crescimento econômico, companhias listadas na Bovespa destinaram parte dos lucros para investimento.

Bolsa promete remunerar bem seus investidores com a valorização de papéis e pagamento de dividendo.

Diante das boas perspectivas para a economia brasileira em 2011, o mercado de ações promete remunerar bem seus investidores. E não apenas com a valorização dos papéis, mas também com o pagamento de dividendos – que são a divisão, entre os acionistas, do lucro obtido pela empresa. Neste ano, com a retomada do crescimento econômico, as companhias listadas na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) destinaram boa parte de seus lucros para investimentos.

Dividiram, portanto, uma parcela menor de dinheiro com os investidores. É o que ocorreu com a Petrobras. A empresa precisa reinvestir boa parte dos seus lucros para desenvolver a tecnologia que possibilita a exploração do petróleo na camada pré-sal. Este, aliás, foi o que motivou a companhia a realizar a maior capitalização da história, para levantar recursos no mercado que custeassem seu avanço tecnológico.

Por conta dos investimentos, segundo o Instituto Assaf, o valor médio pago pelas empresas brasileiras por ação em dividendos foi de R$ 0,69. É exatamente a metade do valor médio registrado em 2009, que foi de R$ 1,38. Naquele ano, como a crise econômica mundial trouxe diversas incertezas em relação ao futuro dos negócios, as companhias suspenderam seus investimentos e preferiram dividir o lucro com seus acionistas. “Daí o valor mais alto”, justifica Fabiano Guasti Lima, professor e consultor do Instituto Assaf.

Mas em 2011 esse indicador promete apresentar melhores resultados. E um dos fatores que sustentam tal previsão é a expectativa de queda da taxa básica de juros da economia (Selic) “Há uma correlação negativa entre juros e dividendos”, explica Lima.

Com juros em alta, os custos de empréstimos ficam mais altos e abocanham parte do lucro das empresas. Portanto, se a Selic cair, os dividendos tendem a ser maiores. Além disso, a projeção de crescimento do PIB em 4,5% para 2011 também deve propiciar bons resultados para as empresas.

Mas quem quer comprar papéis visando receber dividendos deve utilizar critérios diferentes daqueles investidores que estão interessados apenas na valorização das ações. “Para quem busca uma manutenção do patrimônio, com valorização regular dos papéis e baixo risco, mirar os dividendos é a melhor opção”, avalia Osmar Camilo, analista da corretora Socopa. “É uma opção de longo prazo”.

As empresas listadas na Bovespa são, por lei, obrigadas a dividir entre seus acionistas ao menos 25% do lucro anual.

Porém, essa a fatia, definida pelo estatuto da empresa, pode ser ainda muito maior – como em algumas empresas do setor elétrico e de telecomunicações, que chegam a dividir mais de 60% dos lucros.

Para se orientar, portanto, na escolha de uma ação, é preciso conhecer o índice chamado divdend yield (DY), que é resultado da divisão do preço do papel pelo dividendo pago pela companhia. Por exemplo, caso uma ação custe R$ 10 e receba R$ 1, seu DY será de 10%.

Fonte: Diário do Nordeste

novembro 24, 2010 at 5:13 pm Deixe um comentário

Posts antigos


Dados econômicos

IBOV
Gráfico IBOV
Dow Jones
Gráfico Dow Jones
Treasuries Americanos
titulos do tesouro americano
Óleo
Gráfico óleo
Petrobrás (Petr4)
Vale5
Grafico vale
ADR-Vale(RIO-p)
Grafico vale
Níquel intraday
nickel
Bolsa na Ásia
BOLSAS NA ÁSIA

analise fundamentalista analise grafica de açoes análise gráfica análise técnica análise técnica de ações aplicar em ações aplicar na bolsa aplicar na bolsa de valores aprenda a investir em açoes aprender a aplicar na bolsa de valores aprender a investir em ações açoes açoes da bolsa de valores açoes em alta ações da Petrobrás ações de empresas brasileiras ações na bolsa BM&F Bovespa bolsa de valores Bolsa de Valores de São Paulo Bovespa capitalização da Petrobras carteira de ações Comissão de Valores Mobiliários compra de ações compra e venda de açoes comprar ações comprar ações da petrobrás curso Análise Gráfica curso de investimentos em açoes curso gratis de açoes cursos de investimentos cursos de investimentos em ações Dow Jones economia americana economia norte-americana educação financeira fundo de ações fundos de investimentos ganhar dinheiro com ações ganhar dinheiro na bolsa home broker Ibovespa instituições financeiras investidor investidores investidores estrangeiros investimento de longo prazo investimento em ações investimento na bolsa de valores investimentos em ações investimentos na bolsa de valores investir em ações investir na bolsa investir na Bolsa de Valores investir no Mercado de Ações mercado acionário mercado de ações mercado de capitais mercado financeiro nasdaq novos investidores Oferta de ações da Petrobras o que é home broker pequeno investidor PETR4 preço das ações preços das ações queda das bolsas renda variável valorização das ações vender ações volatilidade do mercado Wall Street índice da bolsa de valores