Posts tagged ‘pequeno investidor’

Prazo para reservar ações de oferta da Petrobras começa nesta segunda

Começa nesta segunda-feira (13) o período de reserva, prazo em que acionistas e não-acionistas da Petrobras que desejam comprar novos papeis na mega oferta da estatal devem comunicar sua intenção ao mercado. Nesse prazo, o investidor deve  informar também o quanto deseja comprar.

Três perfis de pequeno investidor poderão participar da operação e há diferentes prazos para eles: quem já comprou no passado ações da estatal com o FGTS, os que já adquiriram ações com dinheiro próprio e quem ainda não é acionista.

Na oferta, a Petrobras venderá novas ações com o objetivo de arrecadar dinheiro para financiar seu ambicioso plano de exploração das reservas de petróleo descobertas na região do pré-sal, sobretudo na bacia de Santos. Em seu plano de negócios de cinco anos (2010 a 2014) estão previstos gastos de US$ 224 bilhões.

setembro 13, 2010 at 8:55 pm Deixe um comentário

Que tal experimentar opções de ações?

Embora pouco conhecidas, as opções de ações são uma boa alternativa para os investidores que buscam tranquilidade nas aplicações

Artigo de Marcelo Piazza*

O Brasil ainda tem muito a evoluir em matéria de investimento em ações. Se contarmos o número de investidores pessoas físicas com ativos em carteira no mês de abril, veremos que temos 557 mil usuários, segundo a BM&F Bovespa. Pouco mais de 0,29% da população brasileira – percentual ainda muito inexpressivo.

Mesmo assim, nunca se falou tanto em bolsa de valores como agora. E, ao contrário do que muitos pensam, os momentos de crise são especiais, porque representam oportunidades de se adquirir ações a preços reduzidos. É o que podemos chamar de “época das liquidações” no mercado. Para os iniciantes, essa é uma chance de ouro para montar uma carteira repleta de ações com grande potencial de valorização no médio prazo.

Mas se engana quem pensa que esse mercado se resume às tão faladas ações. Existem diversos produtos financeiros disponíveis ao pequeno investidor, a maioria ainda desconhecidos. Entre eles, estão as opções de ações.

As opções são uma espécie de “seguro” para as ações negociadas em bolsa. Sua função básica é reduzir o risco das operações. Elas complementam perfeitamente o investimento em ações e permitem que o usuário obtenha ganhos mensais com sua carteira. Às vezes, tornam possível obter lucros mesmo com os mercados em queda. Na alta, na baixa ou até mesmo no chamado “mercado lateral”, há a oportunidade de se recolher do mercado uma taxa mensal, com valor fixo, definido logo na montagem de cada operação.

Inserindo as opções nos investimentos em ações, o usuário passa a ter uma data certa para liquidar seus ganhos no mercado, mês a mês. Isso significa que ele deixa de ficar tão dependente da alta nos preços dos papéis para obter lucro. As aplicações se tornam mais seguras. E o investidor, especialmente o iniciante – que costuma ter mais dificuldades para manter o controle emocional diante das oscilações de mercado –, fica mais tranquilo para fazer suas aplicações.

Os negócios com opções também podem ser feitos pelo home broker – um painel resumido de operações, muito fácil de usar, que interliga o investidor a sua corretora e permite que ele execute ordens de compra e venda de forma independente. Basta preencher um pequeno boleto com os dados da ação que deseja comprar ou vender e enviar a ordem, que chega à bolsa em menos de um segundo. Depois disso, é só acompanhar os ativos em sua carteira.

Quem tiver a chance de acompanhar essa tendência desde o começo vai sair na frente. Lembre que o mesmo aconteceu com a informática, e depois, com a chegada da internet. No início, tudo era novo e impressionava. Hoje, é algo comum, que está ao alcance de todos.

Acredito que, só pelo fato de estimular o lado poupador do usuário, as opções representam um grande passo em busca da riqueza. Não vejo outra forma de acumular um grande capital a não ser por meio do exercício de poupar para investir. E se podemos contar com esse mercado, por que não tentar?

*Investidor profissional com certificação Anbid e analista de mercado pela Saint Paul Institute of Finance de São Paulo. Especializou-se na análise técnica das ações e acompanha o mercado à vista e de derivativos diariamente. É autor de três livros, entre eles Bem-Vindo à Bolsa de Valores e o recém-lançado Ganhe Mais Investindo em Opções (Saraiva).

Inscreva-se agora mesmo para Palestra Gratuita – Como Investir na Bolsa.

julho 27, 2010 at 7:46 pm Deixe um comentário

De olho na liquidez

Saiba como ver se uma ação tem boa liquidez no mercado

A maior preocupação do pequeno investidor é como distribuir seus recursos entre as diversas possibilidades de investimento, preservando seu capital, e a possibilidade de em uma emergência ter como sacar os recursos rapidamente.

Liquidez das ações

Liquidez das ações

A esta preocupação o mercado financeiro chama de “Liquidez”, e que não só o pequeno investidor, mas todo e qualquer um, procura ter. A intenção aqui é chamar a atenção para a liquidez nas aplicações em ações.

Quando se compra uma ação ou se pretende montar uma carteira de ações, o investidor precisa saber se o mercado está trabalhando dentro da média histórica de liquidez dos últimos 12 a 18 meses. Isto porque a baixa liquidez proporciona aos grandes investidores maior poder de manipulação do mercado.

Entenda-se manipulação como sendo parte das regras do “jogo”, e não algo ilícito. O prazo para a média histórica pode parecer longo, mas os últimos exemplos de crises e choques econômicos ao redor do mundo justificam.

Após verificar o mercado, a escolha do(s) papel(s) também deve passar pelo mesmo critério, isto é, saber se este é negociado todo o dia, em que quantidade, e em quantos negócios. O primeiro ponto é se em qualquer dia há a precificação da ação(s), assim o investidor sabe a cada acontecimento econômico-financeiro-político, como o mercado reagiu no preço daquela(s) ação(s).

O segundo ponto é quantas ações são negociadas por dia, para que o investidor saiba que a qualquer momento a quantidade por ele comprada pode ser vendida sem a distorção por pressão de venda.

E o terceiro ponto é quantos negócios são feitos por dia com aquela(s) ação(s). Esta última variável permite ao investidor saber se a formação do preço é dentro do mercado, ou por alguns poucos investidores, que se retirarão do mercado ao primeiro sinal de venda.

O nosso mercado de ações vem sofrendo uma concentração dos negócios, devido à saída de várias empresas do mercado e a transferência dos negócios para outros países aonde os custos de transação são menores e a incidência de impostos também. E isto é prejudicial ao pequeno investidor que se sente inseguro.

Logo para que se tenha um mercado forte deve-se dar importância ao pequeno acionista, que com apoio de informações e novas regras pode dar sustentação a uma recuperação do mercado nacional.

Mauro Giorgi é analista da Novação Corretora de Valores

novembro 15, 2008 at 11:41 am Deixe um comentário


Dados econômicos

IBOV
Gráfico IBOV
Dow Jones
Gráfico Dow Jones
Treasuries Americanos
titulos do tesouro americano
Óleo
Gráfico óleo
Petrobrás (Petr4)
Vale5
Grafico vale
ADR-Vale(RIO-p)
Grafico vale
Níquel intraday
nickel
Bolsa na Ásia
BOLSAS NA ÁSIA

analise fundamentalista analise grafica de açoes análise gráfica análise técnica análise técnica de ações aplicar em ações aplicar na bolsa aplicar na bolsa de valores aprenda a investir em açoes aprender a aplicar na bolsa de valores aprender a investir em ações açoes açoes da bolsa de valores açoes em alta ações da Petrobrás ações de empresas brasileiras ações na bolsa BM&F Bovespa bolsa de valores Bolsa de Valores de São Paulo Bovespa capitalização da Petrobras carteira de ações Comissão de Valores Mobiliários compra de ações compra e venda de açoes comprar ações comprar ações da petrobrás curso Análise Gráfica curso de investimentos em açoes curso gratis de açoes cursos de investimentos cursos de investimentos em ações Dow Jones economia americana economia norte-americana educação financeira fundo de ações fundos de investimentos ganhar dinheiro com ações ganhar dinheiro na bolsa home broker Ibovespa instituições financeiras investidor investidores investidores estrangeiros investimento de longo prazo investimento em ações investimento na bolsa de valores investimentos em ações investimentos na bolsa de valores investir em ações investir na bolsa investir na Bolsa de Valores investir no Mercado de Ações mercado acionário mercado de ações mercado de capitais mercado financeiro nasdaq novos investidores Oferta de ações da Petrobras o que é home broker pequeno investidor PETR4 preço das ações preços das ações queda das bolsas renda variável valorização das ações vender ações volatilidade do mercado Wall Street índice da bolsa de valores