Posts tagged ‘capitalização da Petrobras’

Ainda sobre a capitalização da Petrobras

A megaoferta da Petrobras entra na reta final nesta semana. O investidor de varejo tem até dia 22, quarta-feira, para fazer a reserva dos papéis. Na semana passada, a estatal anunciou um aumento da quantidade de ações, dobrando o lote adicional, de 10% para 20%, o que indicaria, segundo fontes do mercado, um excesso de demanda.

Matéria publicada hoje pelo Valor mostrou que, nas corretoras, a informação é que a maioria dos investidores que tinham papéis da Petrobras garantiu o direito de comprar mais 34% na oferta prioritária. A expectativa nas corretoras é que a oferta de varejo, para os não acionistas, também seja um sucesso.

setembro 20, 2010 at 4:29 pm Deixe um comentário

Oferta de ações da Petrobras é ampliada em R$ 10 bilhões

Mirela Portugal, de Exame.com

A Petrobras (PETR3); (PETR4) anunciou na manhã desta sexta-feira (17), em comunicado ao mercado, a decisão de dobrar o limite de ações do lote adicional previsto na mega oferta da estatal. O novo limite será de 20%, e não mais 10% das ações da oferta, como o prospecto informava. A decisão do conselho administrativo, reunido na quinta-feira (16) configura um lote adicional de 751,988 milhões ações no total, e representa a injeção de mais 375,994 milhões de papéis na oferta.

Agora, a maior operação da história do mercado financeiro mundial negociará 4,7 bilhões de ações. Considerando o fechamento de ontem (16/9), quando as ações ordinárias eram negociadas a 29,97 reais e as preferenciais a 26,36 reais, a captação total pode chegar a 133,7 bilhões de reais, com uma injeção de 10,7 bilhões de reais decorrente da decisão. O lote adicional de ações é um conjunto de papéis cuja venda sé exercida após a negociação do lote inicial de papéis.

A capitalização da Petrobras, que tem deixado o mercado financeiro nacional em compasso de espera, era alvo de rumores de baixa demanda externa assim que começou o período de reserva.

Segundo uma fonte que preferiu não se identificar, a decisão pode representar uma precaução da empresa para distribuir a oferta a contento entre investidores nacionais e estrangeiros e seria uma indicação de que a demanda está, sim, forte. “Pode ser a entrada de um fundo iraniano ou chinês”, aponta o analista.

Leia o comunicado ao mercado sobre o lote adicional da oferta: Lote adicional – Petrobras

setembro 20, 2010 at 2:31 pm Deixe um comentário

O bê-á-bá da capitalização da Petrobras

A Petrobras vai promover a maior operação de capitalização já registrada. Uma transação desse tamanho, claro, levanta muitas dúvidas.

Veja abaixo as principais questões relacionadas ao negócio.

Por Rodrigo Caetano

O que é capitalização de uma empresa?
Trata-se do aumento do patrimônio de uma empresa por meio de aportes feitos pelos sócios ou investidores. Pode ser feita, basicamente, de duas formas: com a venda de ações ou com a venda de parte da empresa para um novo investidor.

Por que a Petrobras precisa se capitalizar?
São dois os motivos: primeiro, ela precisa de dinheiro para colocar em prática seu ousado plano de negócios, que prevê investimentos de US$ 224 bilhões até 2014. O outro motivo é seu nível de endividamento. Atualmente, as agências de classificação de risco atribuem à Petrobras o grau de investimento, permitindo que ela receba investimentos de grandes fundos internacionais. Caso a empresa ultrapasse o limite de 35% de endividamento (relação entre as dívidas e o patrimônio), poderá perder essa classificação. Aumentando seu capital, a Petrobras pode contrair mais dívidas sem colocar em risco o grau de investimento.

Existem alternativas à capitalização? Por que a Petrobras optou por ela?
A melhor alternativa para a Petrobras cumprir seu plano de investimentos é mesmo se capitalizar. Só assim a empresa vai conseguir os recursos que necessita. O que pode ser questionada é a forma que o seu controlador, no caso o governo brasileiro, escolheu para fazer isso. No caso, o governo vai ceder cerca de 5 bilhões de barris de petróleo a serem extraídos das futuras reservas do pré-sal para capitalizar a empresa. Uma alternativa seria, em vez de ceder os barris, fazer uma licitação para a exploração de alguns poços do pré-sal com outras empresas e utilizar este dinheiro para capitalizar a Petrobras.

Quando as ações começarão a ser negociadas?
Na Bovespa, o início da negociação dos papéis da oferta será em 27 de setembro.

Qual o volume esperado para a capitalização?
Com base no valor de fechamento da ação da Petrobras no dia 2 de setembro, quando foi divulgado o prospecto da oferta, R$ 111,67 bilhões. Mas pode chegar a R$ 150 bilhões, o seu teto.

O volume projetado para a oferta pode mudar até que a capitalização efetivamente ocorra?
Sim. O volume vai depender do preço por ação a ser definido e pelo interesse dos investidores.

O valor total definitivo da oferta vai ser conhecido quando?
O valor total será conhecido quando for fixado o preço por ação, que deve ocorrer após o dia 23 de setembro.

Esse valor pode chegar a quanto?
Estima-se que, se a demanda dos minoritários, do varejo e de investidores for alta, e também se o governo decidir ficar com todas as sobras, o valor total pode chegar a algo em torno de R$ 150 bilhões. Mas isso é uma estimativa. O governo e o BNDESPar manifestaram a intenção de, em conjunto, subscrever R$ 74,807 bilhões, sem limite de preço por ação. O restante virá dos outros interessados na compra das ações.

Como vai ser formado o preço da ação da Petrobras a ser comprada pelos investidores que participarão da oferta?
O preço por ação terá como parâmetro a cotação de fechamento das ações da Petrobras na BM&FBovespa e das American Depositary Shares (ADS) da empresa na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE), na data de fixação do preço por ação.

O que é o chamado ‘bookbuilding’?
É o procedimento de coleta de intenções de investimentos entre aqueles que podem participar da capitalização.

Quando sairá esse preço?
O bookbuilding se dará entre os dias 3 e 23 de setembro. O preço por ação será conhecido após o procedimento de coleta de intenções de investimentos.

Como o governo vai participar dessa oferta?
O governo vai participar por meio da cessão onerosa de 5 bilhões de barris de petróleo das futuras reservas do pré-sal. Ou seja, o investimento do governo não vai representar dinheiro imediato no caixa da empresa.

A fatia que o governo tem na Petrobras é de quanto e pode chegar até quanto?
Hoje, a união possui 32% do capital total da empresa e 55,6% das ações com direito a voto. O objetivo do governo é aumentar sua participação total, para algo entre 40% e até 60%.

O governo quer aumentar sua fatia na Petrobras? Por que?
Sim. O objetivo, segundo o governo, é ter maior controle sobre as reservas de petróleo brasileiras, especialmente em relação ao pré-sal.

Por que o preço médio do barril, de US$ 8,51, ficou muito abaixo da cotação do barril no mercado internacional?
Porque o preço leva em consideração os custos de extração desse petróleo além do risco do negócio. O preço do barril no mercado internacional refere-se ao petróleo já extraído, pronto para o uso. No caso da capitalização, ainda não se sabe com certeza nem a qualidade do petróleo que será extraído.

Por que o preço do barril foi considerado um dos pontos mais polêmicos nas negociações que antecederam a capitalização?
Quanto maior fosse o valor do barril, pior seria para a Petrobras, pois não entraria dinheiro imediato no caixa. Como a participação do governo será por meio da cessão de barris, a única forma de entrar dinheiro será por meio dos minoritários. Com o valor do barril muito alto, os minoritários teriam dificuldade de acompanhar o governo na capitalização e acabariam com sua participação diluída. Para a União, no entanto, quanto maior o valor do barril, mais poder de fogo.

É justo que o governo aumente sua participação na Petrobras vendendo barris de petróleo a ela, enquanto o investidor tem de entrar na operação com dinheiro?
A questão é polêmica. O governo justifica a operação dizendo que terá mais controle sobre as reservas de petróleo do país. Por outro lado, essas mesmas reservas, como destaca o diretor do Centro Brasileiro de Infraestrutura (CBIE), Adriano Pires, pertencem a todos os brasileiros. Na prática, o governo está transferindo algo público para as mãos de capital privado, uma vez que a Petrobras é uma empresa de capital aberto.

Fonte: ISTOÉ Dinheiro

setembro 13, 2010 at 7:50 pm Deixe um comentário

Incertezas na Petrobras entravam recuperação da Bolsa de Valores

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) havia terminado o mês de julho no topo, com alta de 10,8% no período. Especialistas dizem que a curva de alta, semelhante à registrada na Dow Jones (7,8% no mês), demonstra que a expectativa sobre o desempenho da economia mundial já estava mais otimista, fato que diminuiu a aversão ao risco dos investidores.

A recuperação em julho, no entanto, ainda não foi suficiente para reaver as perdas acumuladas desde o início de 2010. Levando em conta o período de janeiro a julho, a Bovespa ainda amarga queda de 1,56%.

Os resultados da Bovespa até julho só não foram melhores porque ainda havia uma expectativa quanto à capitalização da Petrobrás, que tem sido uma força contra a alta da bolsa.

A expectativa no início de agosto era de um cenário otimista para a Bovespa como um todo de agora em diante.

Mas poucos dias depois, as previsões não se confirmavam e o mercado acionário brasileiro fechava o pregão na terça-feira 03/08 em baixa, interrompendo uma sequência de 11 altas consecutivas. A Bolsa de Valores de São Paulo seguia o movimento do mercado americano, em um dia marcado por indicadores econômicos e balanços corporativos piores que o projetado.

Na semana que passou, apesar da instabilidade e da continuidade do debate sobre a possibilidade de uma nova recessão em decorrência de sinais de fragilidade econômica dos Estados Unidos, a Bovespa conquistou ganho na semana e garantiu valorização de 0,62%. No mês, no entanto, ainda havia um recuo de 1,24%.

Além da cena externa, o mercado local também lidou com uma nova rodada de incertezas sobre a capitalização da Petrobras. Foi colocada em dúvida a possibilidade de a oferta de ações acontecer em setembro em função da falta de consenso sobre o preço do barril de petróleo a ser considerado na cessão onerosa. A semana também contou com o vencimento de opções sobre ações e do Ibovespa futuro.

Os investidores têm acompanhado bastante os indicadores de curto prazo e o grau de aversão a risco subiu um pouco. Na semana, tivemos indicadores americanos controversos e as notícias da Petrobras também afetaram o humor do mercado”, pontuou o analista financeiro do Paraná Banco Asset Management, Marcus Tsukuda.
Acordo de capitalização da Petrobras sai a partir de 2a, diz ANP
O preço final do barril do petróleo que será usado na capitalização da Petrobras será definido apenas após a certificadora contratada pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) entregar o relatório final no dia 30, disse à Reuters o diretor-geral da ANP, Haroldo Lima.

Após passar toda a quarta-feira em Brasília assistindo com ministros e o presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli, a apresentação das certificadoras contratadas para avaliação de reservas da bacia de Santos, que serão utilizadas na operação, Lima informou que as negociações “caminham para convergência” e que na opinião dele o preço deveria ficar “acima de 8 dólares o barril”.

Se Lula bater o martelo em 8 dólares o barril, a parte do governo, que detém 32 por cento do capital da estatal, corresponderia a 40 bilhões de dólares no aumento de capital da Petrobras.

Ontem, no início da noite, as ações da estatal dispararam na Bovespa, na expectativa que a reunião entre governo e estatal tivessse detalhes anunciados em breve. Após fechamento em queda de 0,23%, as ações subiram para 1,76% no after, movimentando 23,1 milhões de reais, mais que o triplo do after market da véspera.

agosto 26, 2010 at 4:45 pm Deixe um comentário

Notícias da bolsa de valores em 20.08.2010.

Day Trade: análise técnica avalia o mercado e traça trade para o curto prazo
No Day Trade desta sexta-feira (20), Victor Leitão, da Pax Corretora, descreve suas perspectivas para o principal índice de ações da bolsa paulista e destaca operação de curto prazo.

Indefinição do pré-sal faz Petrobras perder posto de maior empresa para a Vale
A Petrobras perdeu ontem o posto de maior empresa brasileira na Bolsa para a Vale por conta da indefinição sobre o preço do petróleo que servirá como base para a capitalização da companhia.

Brookfield eleva previsão de vendas em 2010
A incorporadora Brookfield informou que suas vendas contratadas no ano até julho superaram a marca de R$ 2 bilhões.

CVM vai avaliar capitalização da Petrobras, mas não preço do barril da cessão onerosa
A presidente da CVM (Comissão de Valores Mobiliários), Maria Helena Santana, afirmou nesta quinta-feira (19) que a autarquia vai avaliar a capitalização da Petrobras (PETR3, PETR4) – mais especificamente, a cessão onerosa de 5 bilhões de barris de petróleo da União à estatal

Embratel muda oferta pelas ações da Net
O preço oferecido aos investidores não foi alterado, mantendo-se em R$ 23 por ação. A data do leilão, contudo, foi postergada em 20 dias, passando do dia 9 para 29 de setembro.

OdontoPrev consolida liderança
Com a carteira de 900 mil beneficiários que o Banco do Brasil traz nessa associação, a OdontoPrev reforça ainda mais a sua liderança no setor de planos odontológicos com 5,2 milhões de clientes.

Construtoras compram equipamentos
No pacote de estratégias adotado pelas construtoras para controlar custos, aumentar a produtividade e evitar gargalos que atropelem os altos níveis de crescimento, a compra de equipamentos ganhou importância entre as empresas de maior porte. MRV, Cyrela, Gafisa e Direcional estão investindo na compra de gruas, escoras, andaimes e elevadores para não depender da disponibilidade e do preço cobrado pelas empresas de aluguel de material pesado.

Concorrentes apressam integração
A mudança de controle na Claro e o próximo leilão para a aquisição das ações da Net pela Embratel mostra que o grupo mexicano de Carlos Slim, a América Móvil, tem pressa em promover a integração de suas operações no Brasil, como está fazendo no México.

HSBC analisa opções da Vale com possível concorrência no setor de fertilizantes
Com a recente oferta da BHP Billiton para adquirir a Potash, a Vale (VALE3, VALE5) ganha um concorrente de peso no setor de fertilizantes, mercado que ela pretende liderar no futuro.

Fique sabendo muito mais sobre investimentos e o mercado de ações no blog Ensina Invest.

agosto 20, 2010 at 2:29 pm Deixe um comentário


Dados econômicos

IBOV
Gráfico IBOV
Dow Jones
Gráfico Dow Jones
Treasuries Americanos
titulos do tesouro americano
Óleo
Gráfico óleo
Petrobrás (Petr4)
Vale5
Grafico vale
ADR-Vale(RIO-p)
Grafico vale
Níquel intraday
nickel
Bolsa na Ásia
BOLSAS NA ÁSIA

analise fundamentalista analise grafica de açoes análise gráfica análise técnica análise técnica de ações aplicar em ações aplicar na bolsa aplicar na bolsa de valores aprenda a investir em açoes aprender a aplicar na bolsa de valores aprender a investir em ações açoes açoes da bolsa de valores açoes em alta ações da Petrobrás ações de empresas brasileiras ações na bolsa BM&F Bovespa bolsa de valores Bolsa de Valores de São Paulo Bovespa capitalização da Petrobras carteira de ações Comissão de Valores Mobiliários compra de ações compra e venda de açoes comprar ações comprar ações da petrobrás curso Análise Gráfica curso de investimentos em açoes curso gratis de açoes cursos de investimentos cursos de investimentos em ações Dow Jones economia americana economia norte-americana educação financeira fundo de ações fundos de investimentos ganhar dinheiro com ações ganhar dinheiro na bolsa home broker Ibovespa instituições financeiras investidor investidores investidores estrangeiros investimento de longo prazo investimento em ações investimento na bolsa de valores investimentos em ações investimentos na bolsa de valores investir em ações investir na bolsa investir na Bolsa de Valores investir no Mercado de Ações mercado acionário mercado de ações mercado de capitais mercado financeiro nasdaq novos investidores Oferta de ações da Petrobras o que é home broker pequeno investidor PETR4 preço das ações preços das ações queda das bolsas renda variável valorização das ações vender ações volatilidade do mercado Wall Street índice da bolsa de valores