As melhores dicas e os melhores rendimentos

janeiro 6, 2011 at 10:01 am 1 comentário

Confira 5 dicas para investir na bolsa de valores e comece o ano com o pé direito.

1. Setores mais promissores

A bolsa de valores terminou 2010 com alta modesta de 1,04%. O índice, no entanto, foi muito prejudicado pelo desempenho das ações da Petrobras, que despencaram 24% com as incertezas em virtude de sua capitalização. Para 2011, a Bovespa deve continuar oscilando ao sabor do cenário internacional, mas os analistas concordam que a valorização deve ser maior. Dentre as empresas listadas na bolsa brasileira, alguns setores devem se destacar neste ano:

Financeiro – Com a tendência de alta da Selic para combater a inflação, os bancos devem ser beneficiados. “O setor financeiro está bem protegido contra o aumento dos preços, além de sair ganhando com a maior remuneração pelos títulos públicos decorrente da elevação da taxa básica de juros”, afirma Eduardo Velho, economista-chefe da Prosper Corretora. Neste contexto, papéis de grandes bancos como Bradesco, Itaú e Banco do Brasil são boas opções

Varejo – O consumo interno deve continuar ditando o ritmo do crescimento da economia brasileira. Ações de companhias como Pão de Açúcar, Gol e Brasil Foods podem render bons resultados. “A demanda por alimentos está muito alta. Com a ampliação da classe C, restrições orçamentárias acabaram caindo”, diz Ricardo Rocha, professor de finanças do Insper.

Infraestrutura – Com a Copa do Mundo e as Olimpíadas batendo à porta, 2011 será um ano agitado para o setor de infraestrutura. Papéis do setor, como o da CCR, devem se valorizar. É preciso tomar cuidado, no entanto, com o segmento imobiliário. “O setor está crescendo de forma irreal. Há uma bolha. Os preços vão cair eventualmente. Não recomendaria investimento neste setor”, diz Samy Dana, professor de economia da FGV- EESP.

Commodities – Com a recuperação da economia chinesa, as commodities continuam a ser uma aposta interessante. “Há uma demanda feroz da China por esses produtos”, afirma Pedro Galdi, analista-chefe da corretora SLW. Vale e especialmente a Petrobras, que está com o preço de seus papéis bastante defasados, continuam a ser as preferidas dos investidores. Segundo avaliação da SLW, as ações da petrolífera têm potencial para alta de 48% em 2011

2. Planejamento

A bolsa é a opção de investimento que oferece as oportunidades de maior rendimento do mercado. Em contrapartida, é uma modalidade que envolve alta dose de risco. No longo prazo, no entanto, esse risco é bastante diluído. “Quem vai investir na bolsa deve pensar em um horizonte de pelo menos dois anos para deixar o dinheiro aplicado”, afirma Rocha, do Insper. Por isso, o ideal é investir em ações uma quantia que não lhe fará falta no curto prazo. Quem não pode perder dinheiro deve pensar em outras alternativas.

3. Diversificação

Mesmo para os investidores mais agressivos, não é aconselhável deixar todo o dinheiro investido na bolsa. O ideal é dividi-lo entre outras aplicações, equilibrando opções de maior risco com aquelas de menor. O raciocínio é simples. Eventuais perdas podem ser compensadas por ganhos em outras modalidades. O mesmo princípio vale para a bolsa. Escolha papéis de setores diferentes e sempre aposte em diversas empresas.

4. CDB e Tesouro Direto

Fora da bolsa, os especialistas destacam dois tipos de aplicações para este ano: os CDBs (Certificados de Depósitos Bancários) e o Tesouro Direto. Os CDBs são títulos que acompanham a rentabilidade do CDI , a taxa média de juros para empréstimos entre os bancos. Com a crise do Panamericano, os bancos médios têm oferecido rendimentos maiores para os CDBs. Medidas de aperto monetário, como o aumento do compulsório, também devem estimular as instituições financeiras a oferecerem taxas mais favoráveis para captar recursos.

O Tesouro Direto, programa do governo federal para a venda de títulos do Tesouro para pessoas físicas, também surge como uma boa opção. Além de oferecer papéis seguros, as taxas de administração, quando cobradas, costumam ser inferiores às arrecadadas pelos bancos nos fundos de investimento. “Os papéis NTN-B, que rendem o IPCA mais um percentual de juros por ano, são ótimos para proteger da inflação”, diz Rocha. “O Tesouro Direto é uma melhor opção do que os fundos para comprar papéis do governo, já que o investimento é o mesmo, mas se paga taxas de administração mais baixas”, afirma Dana, da FGV.

5. Pesquisa de taxas

Ao optar por qualquer modalidade de investimento, é essencial pesquisar em bancos e corretoras todas as taxas que serão cobradas do investidor. Se por comodidade for optar pelos fundos de investimentos vendidos pelos bancos, é preciso redobrar a atenção.“No caso dos fundos, taxas de administração superiores a 1% podem prejudicar muito a rentabilidade do investimento”, afirma Dana. Em casos de tarifas de 4% ou 5% ao ano, muitas vezes a rentabilidade da poupança acaba sendo mais vantajosa que a do fundo. Uma das grandes vantagens do Tesouro Direto é exatamente o oferecimento da isenção desta taxa em algumas instituições financeiras.

Fonte: Época Negócios

Anúncios

Entry filed under: Ações, aprender a investir em ações, Dicas, educação financeira, investidores iniciantes, investimentos em ações, Notícias da Bolsa de Valores, Recomendações. Tags: , , , , , , , , , , , , , .

Palestra Gratuita: Como Especular na Bolsa de Valores Bolsa nacional pode subir até 20% em 2011

1 Comentário Add your own

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Dados econômicos

IBOV
Gráfico IBOV
Dow Jones
Gráfico Dow Jones
Treasuries Americanos
titulos do tesouro americano
Óleo
Gráfico óleo
Petrobrás (Petr4)
Vale5
Grafico vale
ADR-Vale(RIO-p)
Grafico vale
Níquel intraday
nickel
Bolsa na Ásia
BOLSAS NA ÁSIA

analise fundamentalista analise grafica de açoes análise gráfica análise técnica análise técnica de ações aplicar em ações aplicar na bolsa aplicar na bolsa de valores aprenda a investir em açoes aprender a aplicar na bolsa de valores aprender a investir em ações açoes açoes da bolsa de valores açoes em alta ações da Petrobrás ações de empresas brasileiras ações na bolsa BM&F Bovespa bolsa de valores Bolsa de Valores de São Paulo Bovespa capitalização da Petrobras carteira de ações Comissão de Valores Mobiliários compra de ações compra e venda de açoes comprar ações comprar ações da petrobrás curso Análise Gráfica curso de investimentos em açoes curso gratis de açoes cursos de investimentos cursos de investimentos em ações Dow Jones economia americana economia norte-americana educação financeira fundo de ações fundos de investimentos ganhar dinheiro com ações ganhar dinheiro na bolsa home broker Ibovespa instituições financeiras investidor investidores investidores estrangeiros investimento de longo prazo investimento em ações investimento na bolsa de valores investimentos em ações investimentos na bolsa de valores investir em ações investir na bolsa investir na Bolsa de Valores investir no Mercado de Ações mercado acionário mercado de ações mercado de capitais mercado financeiro nasdaq novos investidores Oferta de ações da Petrobras o que é home broker pequeno investidor PETR4 preço das ações preços das ações queda das bolsas renda variável valorização das ações vender ações volatilidade do mercado Wall Street índice da bolsa de valores

%d blogueiros gostam disto: