Saiba quais são os riscos envolvidos antes de investir no IPO da Droga Raia

dezembro 14, 2010 at 11:36 am Deixe um comentário

InfoMoney

Os investidores que quiserem participar do IPO (Initial Public Offering) da Droga Raia podem reservar seus pedidos a partir desta segunda-feira (6), mas devem estar atentos aos riscos relativos ao investimento.

Com relação ao desempenho da própria empresa, o edital da oferta aponta que o crescimento da companhia depende da capacidade de abrir e operar, com êxito, novas lojas. No entanto, considerando-se que a maior parte das operações da localiza-se no estado de São Paulo, é possível que as novas lojas atraiam consumidores dos estabelecimentos já existentes.

Além disso, as novas lojas podem apresentar um desempenho abaixo dos padrões de venda e de lucratividade daquelas em operação há mais de três anos. “Se isso acontecer, nosso desempenho financeiro e operacional poderá ficar abaixo das nossas expectativas ou mesmo dos níveis atuais”, destaca a empresa em edital.

Ademais, a forte concorrência no setor também é apontada como uma potencial dificuldade. “O setor de varejo em que atuamos está em processo de crescimento e de consolidação, e nós competimos com concorrentes de forte capacidade competitiva e com grande disponibilidade de recursos financeiros”, alerta.

Processos e regulamentações
Relacionada ao setor de saúde, a empresa também está sujeita à riscos que envolvam lesão ou morte de seus clientes, podendo resultar em suspensão ou interrupção das atividades da companhia, ou mesmo o recolhimento dos produtos comercializados. A empresa destaca que o limite da cobertura do seguro pode não ser capaz de cobrir adequadamente tais riscos.

Por fim, regulamentações sobre o uso do solo e leis de zoneamento mais rigorosas também poderão tornar mais cara e difícil a obtenção dos pontos comerciais planejados. Além disso, a empresa está sujeita à leis federais que impõem controles de preços sobre a maior parte dos produtos, e novas alterações poderão resultar em redução da margem de lucro.

“Não podemos garantir que as agências reguladoras ou o Poder Judiciário reconhecerão que nós atendemos às exigências impostas por tais leis e regulamentos ou que conseguiremos cumprir novas exigências legais ou regulamentares dentro do prazo estipulado pelas autoridades competentes”, destacou a companhia, a qual também chamou atenção para o fato de que alguma alteração na regulamentação paulista pode afetar adversamente a empresa, uma vez que 71,5% das lojas estão localizadas no estado de São Paulo.

O descumprimento de tais regulamentações pode acarretar em suspensão de pagamentos nos termos de programas governamentais, perda de licenças governamentais, de autorizações para participação ou exclusão de programas de recuperação fiscal e de licenças operacionais, além de multas ou penalidades significativas.

Investimento em ações
A empresa destaca ainda os riscos relativos às ações, uma vez que um mercado de negócios ativo e líquido pode não se desenvolver, prejudicando a venda dos papéis pelo preço e na ocasião desejados pelos investidores. Ainda, o preço por ação poderá sofrer uma redução devido a vendas substanciais das ações após a oferta, o que também pode diluir a participação dos acionistas.

“Os investidores provavelmente sofrerão diluição imediata do valor contábil de seus investimentos na aquisição de nossas ações”, diz a companhia, esperando que o preço por ação da oferta exceda o valor patrimonial por ação. A participação de investidores institucionais que sejam considerados pessoas vinculadas no procedimento de bookbuilding é outro fator que pode ter um impacto adverso na liquidez e no preço dos papéis.

Além disso, a empresa afirma que é possível que não pague dividendos aos acionistas, caso isso se mostre incompatível com a situação financeira da companhia. Cabe dizer que, de acordo com o estatuto social da Droga Raia, no mínimo 25% do lucro líquido anual ajustado deve ser destinado a dividendos.

Após a oferta, o atual acionista controlador continuará tendo a maior fatia da empresa, com 57,2% do capital social, podendo ocasionar em um conflito de interesses com os demais acionistas. “Os interesses dos nossos administradores e executivos podem ficar excessivamente vinculados à cotação das nossas ações, uma vez que sua remuneração baseia-se também em um plano de opção de compra de ações”, destacou o edital.

Cronograma da Oferta:

06/12/2010 – Início do Período de Reserva

15/12/2010 – Encerramento do Período de Reserva

20/12/2010 – Início de negociação das Ações na BM&FBOVESPA

22/12/2010 – Data de Liquidação

Anúncios

Entry filed under: Ações, aprender a investir em ações, educação financeira, investimentos em ações, mercado de ações, Notícias da Bolsa de Valores, Recomendações, Situação do mercado. Tags: , , , , , , , , , , , , , , , .

Agenda Econômica desta semana Bolsa de São Paulo recebeu R$ 139,291 milhões em capital externo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Dados econômicos

IBOV
Gráfico IBOV
Dow Jones
Gráfico Dow Jones
Treasuries Americanos
titulos do tesouro americano
Óleo
Gráfico óleo
Petrobrás (Petr4)
Vale5
Grafico vale
ADR-Vale(RIO-p)
Grafico vale
Níquel intraday
nickel
Bolsa na Ásia
BOLSAS NA ÁSIA

analise fundamentalista analise grafica de açoes análise gráfica análise técnica análise técnica de ações aplicar em ações aplicar na bolsa aplicar na bolsa de valores aprenda a investir em açoes aprender a aplicar na bolsa de valores aprender a investir em ações açoes açoes da bolsa de valores açoes em alta ações da Petrobrás ações de empresas brasileiras ações na bolsa BM&F Bovespa bolsa de valores Bolsa de Valores de São Paulo Bovespa capitalização da Petrobras carteira de ações Comissão de Valores Mobiliários compra de ações compra e venda de açoes comprar ações comprar ações da petrobrás curso Análise Gráfica curso de investimentos em açoes curso gratis de açoes cursos de investimentos cursos de investimentos em ações Dow Jones economia americana economia norte-americana educação financeira fundo de ações fundos de investimentos ganhar dinheiro com ações ganhar dinheiro na bolsa home broker Ibovespa instituições financeiras investidor investidores investidores estrangeiros investimento de longo prazo investimento em ações investimento na bolsa de valores investimentos em ações investimentos na bolsa de valores investir em ações investir na bolsa investir na Bolsa de Valores investir no Mercado de Ações mercado acionário mercado de ações mercado de capitais mercado financeiro nasdaq novos investidores Oferta de ações da Petrobras o que é home broker pequeno investidor PETR4 preço das ações preços das ações queda das bolsas renda variável valorização das ações vender ações volatilidade do mercado Wall Street índice da bolsa de valores

%d blogueiros gostam disto: