A melhor hora para vender uma ação

outubro 27, 2010 at 2:16 pm Deixe um comentário

Por Denyse Godoy

É sempre grande a decepção quando se compra uma boa ação de uma empresa e, em vez de subir, por meses o papel só faz recuar.

Esse está sendo o caso, por exemplo, da ação da Petrobras. Quem adquiriu o papel preferencial (PN) por cerca de R$ 45 em meados de 2008 não consegue acreditar que a cotação agora se encontre perto de R$ 26 e se pergunta se deve vender o ativo neste momento.

O senso comum diz que, ao aplicar em determinada ação, o investidor precisa estabelecer qual é o seu limite de perdas. A melhor hora para se desfazer do papel, então, é quando atinge tal piso.

“Mas o valor colocado deve ter um embasamento, senão vira apenas um chute que não leva em conta se a ação está cara ou barata de verdade”, ensina Rodrigo Puga, responsável pelo “home broker” InvestBolsa, da corretora Spinelli.

São duas as principais análises a fazer antes de decidir a hora de se livrar de um ativo.

A primeira é a fundamentalista, relacionada ao desempenho e às perspectivas econômicas para a empresa.

“É essencial saber quanto a companhia efetivamente vale, porque as decisões têm que ser tomadas sob esse argumento, e não pelas altas e baixas dos seus papeis”, explica Flavio Sznajder, gestor da administradora de recursos Bogari Capital. “Quando o preço de mercado fica abaixo do que se acredita que o papel vale, é o ponto de ir embora. Caso algum evento afete os negócios da empresa, desvalorizando-a, também. No entanto, tudo depende da estratégia de investimentos traçada, que é pessoal e individual.”

O fato de o preço de mercado da ação ter caído não quer dizer que a companhia seja ruim, entretanto. “Existem mil motivos que provocam as baixas e não têm a ver diretamente com o valor da empresa. Se o preço caiu demais e o investidor enxerga que o negócio ainda é bom, pode até comprar mais papéis”, sugere Sznajder.

O problema da análise fundamentalista é que aponta o potencial de elevação de um ativo, porém não fala quanto tempo vai levar para que tal nível seja alcançado.

“Aí entra a análise técnica, que envolve diversos indicadores e os gráficos de movimentação dos ativos”, afirma Puga.

Os adeptos dessa modalidade de avaliação defendem que o comportamento das ações segue certos padrões, então, pela observação das curvas de elevações e quedas é possível identificar antecipadamente os pontos em que os papéis passarão a subir ou recuar para, assim, escolher o momento adequado de venda e compra.

“Só que a análise técnica não informa quanto a ação vale. Por isso, recomendamos que o investidor use a análise fundamentalista como filtro a fim de selecionar os melhores ativos e a técnica para detectar a hora de operar”, resume Puga.

Todos esses estudos são complicados de fazer se o investidor não tem um conhecimento técnico profundo do assunto, entretanto. Para ajudar, as corretoras fornecem relatórios detalhadas sobre as empresas e também deixam os seus consultores à disposição dos clientes. A partir de uma discussão de todos os aspectos, consegue-se traçar uma tática adequada.

Anúncios

Entry filed under: Ações, aprender a investir em ações, Dicas, educação financeira, mercado de ações, Recomendações, Situação do mercado. Tags: , , , , , , , , , , , , , .

Últimas notícias da Bolsa de Valores desta quarta-feira Analistas apontam ganhos para a bolsa em 2011

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Dados econômicos

IBOV
Gráfico IBOV
Dow Jones
Gráfico Dow Jones
Treasuries Americanos
titulos do tesouro americano
Óleo
Gráfico óleo
Petrobrás (Petr4)
Vale5
Grafico vale
ADR-Vale(RIO-p)
Grafico vale
Níquel intraday
nickel
Bolsa na Ásia
BOLSAS NA ÁSIA

analise fundamentalista analise grafica de açoes análise gráfica análise técnica análise técnica de ações aplicar em ações aplicar na bolsa aplicar na bolsa de valores aprenda a investir em açoes aprender a aplicar na bolsa de valores aprender a investir em ações açoes açoes da bolsa de valores açoes em alta ações da Petrobrás ações de empresas brasileiras ações na bolsa BM&F Bovespa bolsa de valores Bolsa de Valores de São Paulo Bovespa capitalização da Petrobras carteira de ações Comissão de Valores Mobiliários compra de ações compra e venda de açoes comprar ações comprar ações da petrobrás curso Análise Gráfica curso de investimentos em açoes curso gratis de açoes cursos de investimentos cursos de investimentos em ações Dow Jones economia americana economia norte-americana educação financeira fundo de ações fundos de investimentos ganhar dinheiro com ações ganhar dinheiro na bolsa home broker Ibovespa instituições financeiras investidor investidores investidores estrangeiros investimento de longo prazo investimento em ações investimento na bolsa de valores investimentos em ações investimentos na bolsa de valores investir em ações investir na bolsa investir na Bolsa de Valores investir no Mercado de Ações mercado acionário mercado de ações mercado de capitais mercado financeiro nasdaq novos investidores Oferta de ações da Petrobras o que é home broker pequeno investidor PETR4 preço das ações preços das ações queda das bolsas renda variável valorização das ações vender ações volatilidade do mercado Wall Street índice da bolsa de valores

%d blogueiros gostam disto: