Fazendo o seu “pé de meia” em ações

outubro 13, 2010 at 2:49 pm Deixe um comentário

Costumo comparar o investimento em ações da bolsa com o surf. Se uma pessoa deseja aprender a surfar é porque ela quer entrar em ondas grandes e sentir a emoção que vê nos programas de esporte da TV. Mas ela sabe que antes de chegar neste ponto de “emoção” terá que aprender a surfar. Se não houvesse uma praia com ondas bem baixinhas e calmas, a maioria esmagadora dos surfistas não teria começado, pois entrar em um mar revoltado sem experiência nenhuma é quase um suicídio.

Este exemplo é bem simples, mas todos concordam que é assim que funciona. Primeiro aprendemos em ambientes mais lentos e seguros e, com o tempo, vamos migrando para ambientes mais rápidos, sofisticados e arriscados, onde estão os maiores prêmios. Na Bolsa não é diferente, há uma diversidade de ações que são lentas, com pouco risco e rentáveis, onde o investidor iniciante pode fazer suas operações de forma mais segura e aprender muito sobre o mercado.

Via de regra, todos queremos extrair do mercado de ações lucros polpudos provenientes de operações vencedoras, onde compramos uma ação por um preço baixo e, algum tempo depois, as vendemos por um preço bem maior. Isto é muito bom, mas muitas pessoas que querem começar a investir têm medo de fazê-lo pelo simples fato de que em vez de ganhar podem perder. Este risco faz parte do investimento em renda variável, mas como tudo na vida, pode ser controlado. Não podemos zerar todo o risco, mas podemos escolher operações em que o risco é bem pequeno e aceitável. Estamos falando de ações que pagam ótimos percentuais de dividendos ao seu acionista, e para tornar-se um acionista basta comprá-la no pregão usando o seu home-broker.

É comum que as empresas listadas na bolsa paguem dividendos (proventos pagos ao acionista provenientes dos lucros da empresa), mas, a maior parte delas, pagam um percentual pequeno do valor das suas ações como dividendo, normalmente menos de 5% ao ano (até aplicações conservadoras como a poupança pagam mais). Porém, há algumas empresas que pagam um percentual muito bom chegando a 10%, 12%, 15% ou mais ao ano de seu valor de mercado. As ações destas empresas são negociadas na bolsa como qualquer outra, porém como são muito rentáveis (ganhando de aplicações de renda fixa, em muitos casos) não sofrem grandes alterações de preço no pregão, tendo, desta forma, um risco muito mais baixo e a garantia de uma aplicação mais segura.

A explicação para isto é simples, pessoas que compram ações pagadoras de bons dividendos normalmente as seguram em sua carteira, esperando pelos rendimentos. Isto faz com que o número de negócios delas no pregão seja menor que o habitual, diminuindo a oscilação de preços. Mas da mesma forma que quem tem essas ações na mão não quer vender, muita gente que não as têm deseja comprar, fazendo com que ofertas de compra sejam abundantes e, assim, criando um mercado líquido para os que estão segurando as ações poderem vendê-las no mercado a qualquer momento se assim necessitarem, e muita gente faz isso todos os dias.

Este efeito faz com que o preço das ações ganhe valor no tempo quando a taxa de juros Selic fica estável. Se a Selic começa a cair estas ações ganham valor real, além de continuar pagando dividendos. Se a Selic subir o valor destas ações começa a cair lentamente, pela concorrência dos fundos de renda fixa, mas elas continuam pagando seus dividendos.

Este comportamento duradouro de pagamento de dividendos aos acionistas, sem que este precise dar nada em troca, faz com que estas ações sejam ótimas opções para o chamado “pé de meia”, ou seja, as economias que você faz hoje e que lhe servirão como fonte de renda pelo resto de sua vida. Na mira do investidor estão, dentre outras, as ações de empresas de energia elétrica, que pelo próprio modelo de negócio são estáveis e atraem acionistas com uma política consistente de pagamento de dividendos.

E aqui vai uma dica muito importante na criação de sua carteira “pé de meia”. Os dividendos pagos pelas suas ações podem ser usados para comprar mais ações no mercado. Desta forma, você pode começar de uma forma conservadora e, conforme sua carteira aumenta, usar seus rendimentos para comprar outros tipos de ações mais arriscadas e começar a ganhar dinheiro também na especulação diária, que por ser mais arriscada, também pode ser muito mais lucrativa.

Aprendendo como a bolsa funciona, investidores conscientes e que sabem lidar com o mercado, além de conseguirem sobreviver na bolsa por um longo período, normalmente ficam ricos.

* O autor é agente autônomo de investimentos autorizado pela CVM. Especialista em desenvolvimento de softwares facilitadores para Bolsa de Valores, montou a empresa Trader Gráfico, que surgiu em 2005, graças à ideia de lançar um programa pré-pago no mercado que facilitasse a vida de pessoas que desejam investir com lucratividade em ações, sem necessariamente possuir conhecimento profundo sobre o assunto. Inicialmente, Carlos Martins desenvolveu o software para uso próprio, com o objetivo de automatizar as análises técnicas utilizadas pelos investidores profissionais. Após lançá-lo no Orkut, logo na primeira semana conquistou 300 clientes. Hoje são cerca de 3 mil clientes ativos e mais de 15 mil cadastrados, pela empresa.  É autor do livro “Os Supersinais da Análise Técnica – Guia para investimento lucrativo na Bolsa”, coordenado por Gustavo Cerbasi, e que faz parte da Coleção Expo Money da Editora Elsevier, lançado oficialmente na Expo Money 2010.

 

Artigo originalmente publicado no site do Jornal DCI

Anúncios

Entry filed under: Ações, aprender a investir em ações, cursos de investimentos, Dicas, investidores iniciantes. Tags: , , , , , , , , , , , , , , .

Últimas Notícias da Bolsa de Valores desta quarta-feira Analistas apontam alta da Bovespa no 4º trimestre

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Dados econômicos

IBOV
Gráfico IBOV
Dow Jones
Gráfico Dow Jones
Treasuries Americanos
titulos do tesouro americano
Óleo
Gráfico óleo
Petrobrás (Petr4)
Vale5
Grafico vale
ADR-Vale(RIO-p)
Grafico vale
Níquel intraday
nickel
Bolsa na Ásia
BOLSAS NA ÁSIA

analise fundamentalista analise grafica de açoes análise gráfica análise técnica análise técnica de ações aplicar em ações aplicar na bolsa aplicar na bolsa de valores aprenda a investir em açoes aprender a aplicar na bolsa de valores aprender a investir em ações açoes açoes da bolsa de valores açoes em alta ações da Petrobrás ações de empresas brasileiras ações na bolsa BM&F Bovespa bolsa de valores Bolsa de Valores de São Paulo Bovespa capitalização da Petrobras carteira de ações Comissão de Valores Mobiliários compra de ações compra e venda de açoes comprar ações comprar ações da petrobrás curso Análise Gráfica curso de investimentos em açoes curso gratis de açoes cursos de investimentos cursos de investimentos em ações Dow Jones economia americana economia norte-americana educação financeira fundo de ações fundos de investimentos ganhar dinheiro com ações ganhar dinheiro na bolsa home broker Ibovespa instituições financeiras investidor investidores investidores estrangeiros investimento de longo prazo investimento em ações investimento na bolsa de valores investimentos em ações investimentos na bolsa de valores investir em ações investir na bolsa investir na Bolsa de Valores investir no Mercado de Ações mercado acionário mercado de ações mercado de capitais mercado financeiro nasdaq novos investidores Oferta de ações da Petrobras o que é home broker pequeno investidor PETR4 preço das ações preços das ações queda das bolsas renda variável valorização das ações vender ações volatilidade do mercado Wall Street índice da bolsa de valores

%d blogueiros gostam disto: